sábado, 18 de setembro de 2010

Gaúcho amigo

Gaúcho amigo - Teixeirinha

LP 20 Anos de Glória - 1979



Tom: D
Intro: D A D A G F#m Em D 
 
D              A7                    D 
Tá garoando lá fora, boleia a perna gaúcho 
                   A7                 G  
E chegue cá pro galpão, onde tem chimarrão    (Bis) 
        A7       D 
Não precisa ter luxo       
                      A7   
Vem me contar da tristeza 
                            D 
que está abatendo no teu coração 
                                   A7 
Eu soube que a china que amavas partiu,  
           G             A7      D 
De ti desistiu, foi pra outro rincão 
                                A7  
Não liga pra isso, agüenta o repuxo, 
                            D 
 tá certo gaúcho a china é potra, 
                             A7  
Goleia o amargo da cuia prateada, 
             G     A7        D 
isso não é nada tu arruma outra. 
 
 
(Refrão)     (intro)    (Refrão) 
 
A7  
Senta aqui perto do fogo desata 
                           D 
 esta mágoa e conte a história 
                                A7   
Eu também conto o que passou comigo, 
         G     A7        D 
gaúcho amigo saí com a vitória 
                                A7  
Não lembro o dia mas foi certa vez,
                               D 
 uma china me fez sair porta a fora 
                               A7   
Chamei a danada e segurei no braço, 
             G        A7         D 
debulhei no laço e mandei ela embora 
 
 
(Refrão)     (intro)    (Refrão) 
 
A7       
Não chores não tenha tristeza 
                                   D 
enxuga esse pranto que cai do teu rosto 
                                A7    
Tira da lembrança essa china maleva 
          G        A7         D 
apaga essa treva de mágoa e desgosto 
                              A7   
Faça o que fiz uma outra arranjei 
                              D 
com esta casei e garanto que presta 
                                   A7   
Mas se me for falsa eu suspendo o pala 
           G       A7       D 
e meto uma bala no meio da testa 
 
 
(Refrão)    D A G F#m Em D