sábado, 18 de setembro de 2010

Burro picaço

Teixeirinha

Burro Picaço
Tom: G

G                D7                       G  
Comprei um burro picaço, de tres anos mais ou menos 
                  D7                     G 
na hora de dar o recibo, o tropeiro foi dizendo 
  C              D7                           G 
cuidado com este macho, que ele tem fama de ser perigoso 
                                 D7              G 
por ter matado um peão, o nome do burro fico criminoso 
 
G                    D7                    G 
Joguei lombilho no burro, o macho se estremeceu 
               D7                        G 
apertei a barrigueira, o meu burrao se encolheu 
 C              D7                                G 
sentei em cima do burro, o povo de perto d medo correu 
               D7                                       G 
mas falo que minha gente, pagao que me aguente ainda não nasceu 
 
G                D7                    G 
Cortei a crina do burro, no sistema meia lua 
                    D7                          G 
pra cortar uma légua e meia, meu criminoso nem soa 
 C                 D7                                      G 
pra passar uma tranqueira, passar uma porteira por cima ele vôa 
                                 D7                   G 
mas eh pó pra todo lado, no passo picado da perna da roa 
 
G                     D7                    G 
Eu já vi burro ligeiro, mas igual este ainda não 
                        D7                G 
ajeitei cinco pacote, no filho do meu patrão 
 C                            D7                              G 
gosto muito de dinheiro, cinco mil cruzeiros não levam o machão 
                                D7                          G 
e pra fala com franqueza, não existe riqueza que leve o burrão