quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

João Paulo e Daniel


João Paulo e Daniel - Dupla sertaneja formada por José Henrique dos Reis (Brotas SP 1960—1997) e José Daniel Camilo (Brotas 1968—), que se conheceram como concorrentes em festivais de música pelo interior do Estado de São Paulo, até que em 1981 descobriram que suas vozes se entrosavam e resolveram cantar juntos.


O primeiro disco, Amor sempre amor, saiu em 1985 pela gravadora Chantecler, com Nossa música (Ana Franco e Benedito Seviero), Siriema do serrado e Brincar de esconder (ambas de José Fortuna e Paraíso).

Depois vieram Planeta coração (1987), destacando-se a música-título (Eduardo Lages e Jorginho Ferreira), Metade da minha vida (Um sonho maior) (Joel Marques) e Sertão (José Fortuna e Paraíso); e João Paulo e Daniel (1989), em que sobressaem a regravação de Desejo de amar (Gabu e Marinheiro), do repertório da sambista Eliana de Lima, e Marcas de um amor (Vicente Dias e Cleide Gentil Rossi).

Em 1992 surgiu João Paulo e Daniel — Vol. 4 com Gosto de hortelã (Dimarco e José Antônio), Tá faltando amor (Pinochio e Daniel) e Você virou mania (Maria da Paz e Nino).

Lançado em 1994, João Paulo e Daniel— Vol. 5, incluindo Dia de visita (Moacir Franco), Cuida de mim (Edinho da Mata e Silmara Pierini) e Saudade (César Augusto e William Santana), conquistou discos de ouro e de platina.

No ano seguinte, a dupla lançou mais um disco de sucesso, João Paulo e Daniel — Vol. 6, com destaque para Hoje eu sei (Rick e Alexandre), Alguém (César Augusto e Piska) e Que dure para sempre (Peninha).

João Paulo e Daniel — Vol. 7 saiu em 1996, trazendo o maior sucesso da dupla, Estou apaixonado (Estoy enamorado, de Donato e Estefano, versão de Carlos Colla), e mais Minha estrela perdida e Mil loucuras de amor (ambas de César Augusto e Piska), Pedindo bis (Tivas e Valdir de Lazzari) e Frente a frente (Royce do Cavaco). Ainda naquele ano o novo selo Globo/Continental lançou a coletânea Os 14 maiores sucessos de João Paulo e Daniel, que chegou a 500 mil cópias vendidas.

Em abril de 1997, ainda pela mesma gravadora, agora como Continental, a dupla lançava seu último disco, João Paulo e Daniel — Vol. 8, trazendo Ela tem o dom de me fazer chorar e Louco de desejo (ambas de César Augusto e Piska), As coisas são como são (Peninha), A loira do carro branco (Paraíso e Jesus Belmiro) e Poeira da estrada (João Paulo e Rick).

Em setembro do mesmo ano o cantor João Paulo morreu em acidente automobilístico na Estrada dos Bandeirantes, no Estado de São Paulo.



Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - Art Editora e Publifolha - 2a. Edição - 1998.

Nenhum comentário: