segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Minona Carneiro

Minona Carneiro (Severino de Figueiredo Carneiro), cantor e compositor, nasceu em Recife, PE, em 23/11/1902, e faleceu na mesma cidade em 1936. Freqüentador das rodas boêmias de Recife, cantava modinhas e canções, chegando a participar de um conjunto regional organizado por Pedro Alves.

Com a voz afetada por problemas de saúde, viu-se obrigado a procurar um novo estilo, passando a se dedicar à emboladas. Numa reunião no bairro de Casa Amarela, conheceu Manezinho Araújo, que com ele aprendeu a cantar emboladas. Começaram a se apresentar juntos em festas.

Em 1927 integrou o conjunto Voz do Sertão, organizado pelo bandolinista Luperce Miranda, que incluía ainda Meira (violão), José Ferreira (cavaquinho) e Robson Florence (bandolim). Com o conjunto foi para o Rio de Janeiro em 1928. 

No início de 1930 gravou na Brunswick Dedé (Nelson Ferreira). No mesmo ano gravou três discos na Parlophon, com as emboladas Passarinho molhado (Francisco Santoro), Óia lá (Altamiro Godinho), O amor da caboca, Ai seu Mané, Chô, bicho e O perigo da muié (estas últimas de sua autoria). 

Compôs também outras emboladas, como O trem vai chegá, Chô, juriti (com Luperce Miranda), Comigo não, João, Cajueiro, e sambas, como Achei um ninho, Sertão do Surubi, Penera asas (todos com Luperce Miranda). 

Com a saúde debilitada, retornou pouco depois à capital pernambucana, onde morreu.

Playlist



Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - Art Editora e Publifolha.

Nenhum comentário: